• acompanhe
|
cadastro
/ esqueci minha senha

Quem Somos


 

Apresentação

 

Após iniciar as atividades em Jacarepaguá e depois permanecendo na Barra da Tijuca por mais de 10 anos, o Instituto ampliou sua unidade ao abrir o IATEC Centro, com localização privilegiada na Praça Tiradentes (R. Pedro I, no prédio do Teatro Carlos Gomes), próximo do maior polo de lojas de instrumentos musicais da capital, do metrô, de hotéis e do Aeroporto Santos Dumont. O espaço conta com salas preparadas com equipamentos de ponta, Laboratório Audiovisual com iMacs, Estúdio-Escola e Auditório com capacidade para 50 pessoas.

 

Com isso, o IATEC tem hoje estrutura para atender à demanda de um mercado competitivo, veloz e que exige qualificação profissional. É uma escola atualizada com as novas tecnologias e pautada na busca incessante pelo aperfeiçoamento técnico, com o compromisso de promover o desenvolvimento das competências profissionais. Um centro de excelência preparado e capacitado para a crescente demanda pela economia criativa nos últimos anos, por conta dos megaeventos que o país e o Rio de Janeiro mais especificamente vão receber nos próximos anos.

 

 

 

MISSÃO, VISÃO, VALORES

 

Missão

Promover a formação de profissionais com foco no segmento de entretenimento, oferecendo os melhores cursos com aulas teóricas e práticas, ministradas por professores de posição reconhecida no mercado.

 

Visão

Ser uma escola reconhecida nacional e internacionalmente como modelo de excelência na qualificação de profissionais para o mercado de entretenimento, comprometida com as tendências tecnológicas e mercadológicas.

 

Valores

– Ética, relações baseadas em honestidade e respeito;

– Inovação, compromisso com a perfeição técnica;

– Eficiência e eficácia na prestação dos serviços;

 

 

 

 

Prêmios

 O Prêmio de Áudio Profissional (Prêmio PA), concedido pela AMI Internacional Comercial Ltda, foi criado em 2000, com o objetivo de homenagear os profissionais e atividades de áudio que mais se destacaram no ano.

 

O IATEC foi o vencedor do Prêmio PA 2002, na categoria Destaque do Ano, como a empresa que mais contribuiu para melhorar o nível deste mercado no Brasil. Depois de um intervalo de nove anos, o prêmio voltou a ser entregue e o IATEC novamente figurou entre os ganhadores do Prêmio PA 2011 em duas categorias: novamente como Destaque do Ano e como Melhor Ensino de Áudio.

 

 

 

 

Sólon do Valle

Com pesar, toda a equipe IATEC, entre diretores, funcionários e alunos, sentiram muito o falecimento de Sólon do Valle, um dos sócios-fundadores do Instituto, em setembro de 2010. Leia a seguir o texto-homenagem de Carlos R. Pedruzzi:

 

 

 

Meu amigo Sólon do Valle

Por Carlos R. Pedruzzi

 

Poderia dizer que escrever nunca foi tão difícil. Onde está uma ordem nas palavras, que pensava que era tão capaz de estabelecer? Onde estou? Tão distante de um dia a dia que conheço tão bem? Parece que tudo ficou muito longe…

 

 De repente, sinto como que se minha caneta estivesse sendo guiada. Guiada, como foram muitas das minhas ações, por esse Espírito que tem sido um grande parceiro, e que continua a me guiar como um irmão que ama e protege.  Nesse momento lembranças povoam minha mente e meu coração. Elas vêm e vão sem ordem, se misturam umas fortes outras tênues, umas recentes outras antigas. Trazem a marca desse Espírito ao mesmo tempo firme e leve, sério e divertido, racional e intuitivo, técnico e guitarrista.

 

Naturalmente sinto muito a falta do Sólon, do seu brilhantismo intelectual, da sua companhia divertida, e da sua maneira decidida de fazer as coisas, quando a certeza é tão grande que não há mais tempo a perder. Mas ele me passa muito mais. O seu jeito de procurar outros ângulos, outras formas de ver as coisas, outras maneiras de colocar as questões, me faz perceber outras respostas. Me faz ter certeza de que a grande sacada é como vivemos nossas vidas.

 

Estejamos atentos ao prazer, à felicidade, à paz que os momentos de alegria nos trazem, e aos ensinamentos dos momentos de dificuldade. A toda hora está à nossa disposição uma profunda e intensa felicidade, tudo que precisamos fazer é mergulhar nela. Não é o que fazemos o que importa, mas como fazemos, como sentimos o que fazemos. A chave de nossa vida está na maneira como a vivemos. Esses são jargões que são mais bem compreendidos com a maturidade, com a tranqüilidade dos que procuram com o coração aberto. E então a falta dá lugar ao preenchimento. E eu posso retribuir o amor do meu parceiro, e estendê-lo a tantos outros também. O amor. É exatamente disso que se trata o tempo todo, e nem sei por que não vivemos isso mais plenamente.

 

Em uma de nossas últimas conversas falávamos sobre o que pode ser essa nossa passagem. E concordamos que o que pode nos trazer paz não é o questionamento, e, se é que é possível, o entendimento, desse processo.

 

O que pode nos trazer paz é a compreensão de que ele é de nossa natureza e que dele não devemos ter medo, mas reconhecê-lo. Assim como devemos também reconhecer nosso nascimento. Assim como devemos também reconhecer nosso crescimento. Assim como devemos reconhecer a nossa identidade universal. Talvez seja mesmo tão simples assim. Como é possível ser bom viver admirando esses mistérios!

 

Somos humanos divinos. Continuo rezando para que exemplos como o dele nos façam acordar para essa sabedoria que já é nossa.

 

A maior, a mais profunda percepção da vida, quando a procuro, lá encontro meu parceiro.

 

Que fiquemos todos em paz, na luz do Espírito que nos une a todos! http://iatec.com.brhttp://iatec.com.brhttp://iatec.com.br/quem-somos/


Por que estudar no IATEC?